Bola de fogo é flagrada no céu do interior de SP

De acordo com rede de observatório, trata-se de rocha espacial luminosa que entrou na atmosfera do planeta na noite de terça-feira (15). Registro foi feito em várias cidades paulistas, entre elas Nhandeara e Indiaporã, no noroeste do estado.

Uma bola de fogo foi flagrada cortando o céu de várias cidades do noroeste paulista, além de outras localidades do país, na noite desta terça-feira (15).

De acordo com a Bramon, Rede Brasileira de Observação de Meteoros, trata-se de uma rocha espacial que entrou na atmosfera da Terra por volta das 21h35.

Ela foi flagrada por câmeras da Bramon e pôde ser vista em cidades como Indiaporã, Nhandeara, Cerqueira César, Barretos, Monte Azul Paulista e Piracicaba (SP), além de Telêmaco Borba, no Paraná

“Foi visível, pôde ser visto a olho nu e registrado por câmeras. Ocorreu a explosão e eu estava com a minha filha. Quando percebemos, corremos para verificar as estações da Bramon e vimos o registro de um asteroide grande que entrou na atmosfera e provocou um rastro luminoso”, conta Renato Poltronieri, presidente da Bramon

Segundo Renato, o noroeste paulista apresenta registros de meteoritos praticamente todos os dias, mas este caso chamou atenção devido à luminosidade e tamanho da rocha espacial.

Mais brilhante que Vênus

De acordo com a Bramon, em seu ápice, o meteoro visto nesta terça-feira (15) ainda chegou a -7,5 na escala de magnitude usada na astronomia para medir o brilho dos objetos celestes.

Este número indica que o meteoro era bem luminoso, cerca de 12 vezes mais brilhante que o planeta Vênus.

Meteoros com essa luminosidade são chamados de “fireball” ou “bola de fogo”, conforme a Bramon.

Renato afirma que não há registros de que a bola de fogo tenha tocado o solo, pois normalmente elas se pulverizam durante a queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *