fbpx

GERENCIAMENTO DE RISCO PARA O SEU SEGURO DE CARGAS

Você está seguindo as regras estabelecidas em sua apólice de Seguro de Cargas?

• A averbação dos ct-es emitidos, devem ser 100% averbados via sistema de averbação disponibilizado em sua apólice, inclusive os ct-es cancelados. De acordo com a regra do seguro das cargas, não pode haver falha numerica nas averbações.

IMPORTANTE As averbações devem ser realizadas no dia da emissão do documento.

Se por algum motivo ficar sem acesso ao sistema de averbação, o mesmo deverá ser realizado de forma manual, através do preenchimento da planilha com as informações do ct-e, e enviar a mesma para o email da seguradora.

Na planilha, o ramo deverá ser preenchido com os seguintes números:

54 para RCTR-C e 55 para RCF-DC, em caso de contratação das duas apólices, preencher com 54 e 55

Em caso de embarque onde o valor da carga ultrapasse o limite de apólice contratado, deverá ser solicitado uma liberação esporádica. Para isso, solicitamos que nos encaminhe a NF da carga, para que possamos solicitar a liberação da mesma, junto a sua Cia seguradora. Assim que a liberação for feita pela seguradora, será gerado um código para a averbação da mercadoria no sistema. Caso isso não seja feito, a carga estará SEM cobertura de seguro.

• As regras do gerenciamento de risco exigida em sua apólice, para a cobertura do roubo das cargas, está sendo realizada?

Lembrando: Consulta de motoristas Funcionários deve ser realizada 1x a cada 12 meses, agregado 1x a cada 6 meses e autônomo a cada embarque.

Além disso, deve ser observado as cargas que precisam ser rastreadas e monitoradas. Em sua apólice, há a relação das mercadorias com os valores de sublimites. Ou seja, a partir do valor que consta nesta relação, a mercadoria deverá ser rastreada por algum equipamento homologado em sua apólice e monitorado por uma gerenciadora de risco que seja homologada junto a seguradora.

Para saber mais sobre os equipamentos e gerenciadoras homologadas, nos consulte.

Ainda em relação ao gerenciamento de risco, informamos que as cargas com origem ou destino ao estado do RJ, deve ser observado se a apólice aplica alguma regra diferente dos demais estados. Se tiver dúvidas em relação a isso, por favor, nos chamem!

AVISO DE SINISTRO

Salientamos a importância de observar todos os documentos que serão solicitados em caso de sinistro e atentar-se as demais regras, como:

  • Respeitar os limites de velocidades conforme previsto em leis de trânsito;
  • O Transporte deverá ser realizado em veículos em perfeito estado de conservação;
  • Utilização de veículo transportador compatível ao peso e dimensão da carga, de acordo com a legislação;
  • Utilizar obrigatoriamente o tacógrafo, o qual será exigido no momento do sinistro;
  • Transportar de acordo com a resolução CONTRAN Nº 552 DE 17/09/2015 e atualizações posteriores.
  • Averbação da carga no dia da emissão do ct-e;
  • C-te, NF, documentos do motorista e caminhão, B.O.
  • ANTT ativo do motorista, veículo e proprietário do veículo.
  • Além dos documentos em caso de roubo, como liberação do motorista junto a gerenciadora de risco, relatório de monitoramento, e demais itens, caso tenha exigência.
  • E outros documentos que poderão ser solicitados no andamento do processo de sinistro.

Estamos sempre à disposição para esclarecimento de dúvidas e ajustes que precisar em sua Apólice.

Aproveito para informar ainda, o contato em caso de SINISTRO

IMPORTANTE Ao realizar o aviso de sinistro diretamente a seguradora, pedimos que avise o nosso departamento de sinistros da B&B. Pois desta forma, o atendimento será mais ágil!

Segue o contato da Cáren, responsável pelo departamento de Sinistros da Corretora. 51 99397-8387

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *